Dicas para eliminar o estresse no trabalho

*Notícias de: Portal Revista Shape

Na sua própria mesa é possível mandar o estresse embora e sentir-se renovada para encarar a jornada completa. Siga nossas 20 dicas e resgate sua disposição!

É absolutamente normal ficar estressada com o ritmo intenso de trabalho. A pressão, a tensão e o cansaço nos perseguem dia a dia. Uma pesquisa feita pela International Stress Management Association Brasil (ISMA/BR) mostra que 70% da população economicamente ativa sofre de alguma consequência desencadeada pelo estresse, entre elas dor de cabeça ou musculares, problemas gastrointestinais, diabete, além de ansiedade e angústia. Portanto, para que esse fator não atrapalhe a sua carreira e o seu rendimento, enumeramos truques muito fáceis de serem colocados em prática. Você vai perceber o quanto se sentirá cheia de energia, mais criativa e bem-humorada.

1 Nada de somar tarefas

Ter dificuldade em dizer “não” é realmente um grande problema. Muitas pessoas vão agregando tarefas demais. “E para dar conta acabam tendo que abrir mão das coisas pessoais para conseguir fazer tudo”, diz a psicóloga, coordenadora da área de gestão de carreiras da Faculdade de Informática e Administração Paulista (FIAP) e proprietária da empresa Global Coaching, Janete Teixeira Dias. A solução é organizar o tempo, selecionar as prioridades e, com jeitinho, colocar limites. E quando disser “sim”, tenha certeza de que aquilo não vai afetar o planejamento do seu tempo. “Lembre-se que ao aceitar uma nova tarefa precisará arrumar uma brecha para cumpri-la e isso pode deixá-la irritada. Primeiro porque ficará com medo de não conseguir seguir à risca o combinado e segundo porque certamente terá de abdicar de algo que gosta ou que tinha planejado fazer naqueles dias.

2  Pausa para o lanchinho

Fazer um lanchinho é mais do que indicado. Pare alguns minutinhos para comer uma fruta, bolacha, barrinha de cereal… Isso também é importante para evitar a hipoglicemia (queda de açúcar no sangue, que provoca mal-estar). A fome também provoca desânimo e prejudica a concentração, e isso atrapalha o cumprimento das funções. Para algumas pessoas, um chocolate faz toda a diferença.

3 Tudo na ponta do lápis

O planejamento é sempre importante, mas tente deixar uma folguinha entre os seus prazos e compromissos para os imprevistos. “Não seja muito rígida, essa flexibilidade ajuda a evitar o estresse”, indica Janete. Uma sugestão da expert é toda sexta-feira fazer um levantamento de tudo o que conseguiu realizar e do que ficou pendente e já planejar a semana seguinte. “No sábado e domingo, esvazie a cabeça, recupere as energias e saiba que quando voltar ao trabalho já estará tudo programado”, fala Janete. E se tiver algum evento importante, por exemplo, otimize seu tempo e organize-se para comprar a roupa, fazer as unhas, arrumar o cabelo… Assim não ficará sobrecarregada.

4 Controle seus impulsos

Não é o som de uma nova mensagem no seu e-mail que deve dominar a sua rotina, você é quem precisa controlar os seus impulsos. Portanto, abaixe o volume do computador e dedique alguns minutos a cada 1 ou 2 horas para checá-los. “Quando nos distraímos, fica difícil realizar qualquer tarefa e isso pode nos deixar frustrada e ainda mais estressada”, comenta a autora do livro Making Good Meetings Great, Marsha Egan, que continua: “Se concentrar em uma coisa de cada vez certamente te deixará calma”.

5 Pensamento positivo

Se tem uma reunião, não fique pensando que não vão gostar da sua apresentação, que ficará nervosa… Desse jeito já chegará na defensiva, tensa e apreensiva, a ponto de estourar se alguém fizer alguma pergunta. Tente focar nas coisas boas ou pelo menos neutralize o seu pensamento. “Isso é importante porque somos a ação daquilo que pensamos. Quando focamos em algo negativo, sofremos modificações neurológicas, distensão muscular, aumento da ansiedade e dos batimentos cardíacos”, alerta a doutora em psicologia, especializada em estresse e presidente da ISMA/BR, Ana Maria Rossi. Por isso, alto-astral e otimismo, sempre!
6 Perfume sua mesa

De acordo com um estudo japonês, aromatizar a mesa pode aumentar a concentração. Pesquisadores descobriram que empregados que sentiam o cheiro de essência de lavanda durante o dia de trabalho focaram as tarefas melhor do que os que não tiveram um tratamento com aromaterapia. A lavanda, por exemplo, pode ajudá-la a ficar calma quando o ritmo está pesado. Um sachê de lavanda na mesa ou um sabonete líquido na hora de lavar as mãos já ajuda. Outra alternativa são os florais. Tem opções para aumentar a concentração, dar vitalidade, relaxar…
7 Com a sua cara

Se a empresa permitir, coloque fotos de momentos felizes de sua vida ou de uma paisagem que traga boas recordações (viagem com amigos, namorado, filhos…). “Elas provocam o resgate das lembranças e também desencadeiam no organismo toda a ‘química’ que foi vivenciada naquele dia”, indica Janete.

8 Tenha amigos

A ideia não é ficar desperdiçando seu precioso tempo conversando, mas evitar o contato pode gerar ansiedade. Aliás, estudos têm mostrado que as pessoas sem amigos estão mais propensas a ter hipertensão arterial e estresse em excesso. “Um melhor amigo na empresa pode ser uma válvula de escape ou a garantia de boas risadas durante um dia difícil”, fala a professora clínica assistente de psicologia da Escola Médica Harvard, Carol Kauffman.

9 Aproveite a hora do almoço

Devorar sua refeição pensando nas coisas que precisa fazer não a ajudará a manter a calma, diz a especialista em dieta Ashley Koff, de Los Angeles. “Quando você está estressada, seu corpo desvia seus recursos para liberar hormônios que te ajudam a lidar com as situações, diminuindo a produção daqueles que estão associados à digestão”, explica ela. Se você come sob pressão, provavelmente terá uma indigestão e pode sentir-se inchada, o que só piorará o quadro. “Uma parada de meia hora para um lanche pode ser irreal num dia muito agitado, mas, se separar um momento para isso, saia de sua mesa e saboreie sua refeição”, sugere Ashley.

10 Dê risada

Esse é um ótimo aliado para os momentos de tensão ou ansiedade. “A risada libera endorfina e proporciona sensação de bem-estar, além de induzir o cérebro a bloquear a produção de substâncias tóxicas, que prejudicam o sistema imunológico”, explica Ana Maria.

11 Deixe sua mente vagar

“Longos períodos de intensa concentração podem desgastar seu cérebro”, alerta o professor de psicologia da Universidade de Minnesota, Eric Klinger. “Permitir-se parar dois minutinhos para sonhar pode proporcionar um leve descanso, que a ajudará a recuperar o foco de forma mais criativa e produtiva.” Na próxima vez em que perceber que não está rendendo o quanto gostaria, pare um pouquinho e solte a imaginação, pense para onde pode ir nas próximas férias ou o que faria se ganhasse na loteria. Janete também indica o livro Pausa de 90 segundos – exercícios rápidos para relaxar, de Rolf Herkert (Ed. Casa do Psicólogo), que é muito bom para diminuir o estresse, harmonizar corpo, alma e espírito.

12 Coloque os fones

A música é um santo remédio para aliviar os momentos complicados. Escolha melodias que mexam com você. Elas são capazes de provocar diversos sentimentos. Ouvir algo que gostamos nos deixa realmente mais leves e animados.

13 Na contramão

Também é interessante fazer algo diferente do seu costume. Se o trabalho é muito dinâmico, você vive lidando com gente, falando, se expondo, a pausa é superindicada. “Fique um tempo com você mesma, procure um lugar silencioso”, diz Janete. “Estudos mostram que ficar sozinha pode baixar os batimentos cardíacos e a pressão arterial, deixando você mais calma”, afirma o diretor do Mindfullnes-based Stress Reduction at Duke Integrative Medicin, Jeffrey Brantley.  Fugir dos colegas nesse momento é recomendado. Mas se você trabalha em um ambiente muito quieto, aí deve fazer o contrário. Ligue para alguém, chame seu amigo para tomar um suco. “Sair da mesa é importante para descansar um pouco a vista, recuperar a criatividade, escutar outro ponto de vista que pode até te ajudar em alguma situação”, fala Janete.

14 Alongue-se

Pode ser dentro do escritório mesmo. Ana Maria sugere que estenda os braços acima da cabeça para alongar, abaixe até o chão, estique as pernas, mova o pescoço em movimentos circulares. “Isso é ótimo para desestressar”, enfatiza.

15 Dê uma voltinha

Um ambiente muito fechado provoca, em algumas pessoas, a sensação de tristeza e angústia, por isso, segundo Ana Maria, é importante ir para um lugar iluminado. “Quando puder, vá até a janela ou uma área externa e respire ar puro. A sensação será muito boa. Outra opção é iluminar o ambiente, mesmo que a luz seja artificial ajuda a compensar um pouco a falta da natural”, fala a psicóloga.

16 Beba água

Ela elimina as toxinas e ajuda a mandar o estresse para bem longe. “Enquanto estiver fazendo isso, respire fundo e tente clarear seus pensamentos”, indica Ana Maria.

17 Socialize com os colegas

Combinem um happy hour para depois do trabalho, seja para comer alguma coisa, ir ao teatro, conferir um filme que está estreando ou mesmo para jogar bola, fazer aula de ioga… É ótimo para relaxar e recuperar as energias. Mas lembre-se de marcar encontro com quem te faz bem, nada de pessoas desagradáveis. 

18 Relaxe, sempre

Pratique alguma técnica de relaxamento regularmente. Ana Maria sugere a respiração abdominal (aquela bem profunda ­— inspire pelo nariz e expire pelo nariz ou pela boca). “Manter-se relaxada mesmo em picos de estresse é o ideal. Tente se condicionar para que esse tipo de respiração não precise ser lembrado, fique automático. Os benefícios são cumulativos. Ajuda a oxigenar todos os músculos e a cuidar melhor de suas emoções”, afirma Ana Maria.

19 Pratique atividade física

É mais do que recomendável. “Acredito que as pessoas deveriam pelo menos caminhar de 30 a 40 minutos. Você se sentirá muito mais disposta e menos estressada”, fala Janete. Escolha o horário que se sinta mais disposta para isso. Entretanto, o médico sugere, programar os exercícios para ao menos 4 horas antes de dormir: “Enquanto repousamos o cérebro continua trabalhando. É durante o sono que armazenamos as informações recebidas ao longo do dia. Portanto, para manter a forma cerebral, invista na qualidade do seu sono”. Exercícios de ioga pela manhã, por exemplo, ativam o cérebro e, ao final do dia, são voltados para o relaxamento.

20 Aproveite suas folgas

Vender suas férias pode não ser um bom negócio. Descansar é mais do que recomendável e isso faz muito bem para a saúde física e mental. Você certamente voltará muito mais bem-humorada, de bem com a vida, cheia de novas ideias… “Mas não é preciso apenas esperar as férias, aproveite os feriados ou até mesmo o final de semana. “A qualidade desse dia que você fugiu da rotina será fundamental para recarregar as baterias”, afirma Janete. Eles liberam hormônios que desencadeiam a sensação de bem-estar.

Comente

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s