Abrir uma empresa gastando pouco: É possível!

*Notícia de: Portal Bolsa de Mulher

Muitos empresários iniciantes acabam desistindo do seu negócio por não conseguirem dar conta do volume de gastos que uma empresa demanda ou por falta de visão de negócios. Além das eventuais despesas que vão surgindo ao longo do tempo. Um bom planejamento pode ajudar a reduzir os custos e tornar o seu sonho realidade.

De acordo com Andréia Crocamo, gerente de políticas públicas do Sebrae, para não perder dinheiro, o ideal é evitar surpresas. O produto ou serviço que você pretende oferecer determinará o seu tipo de gasto. Se for abrir uma loja, por exemplo, vai precisar alugar ou comprar um espaço físico, e tudo isso deve ser listado e contabilizado. “O ideal é mapear o que será necessário para a abertura da empresa. Gastos previstos, dá tempo de pesquisar o melhor preço do material que você vai precisar”, diz.

O futuro empresário deve se informar sobre todos os impostos e taxas obrigatórias para a regularização do empreendimento. “Os tributos devem ser sempre pagos em dia. Isso evita o gasto desnecessário com multas de atraso”, lembra a especialista. Além disso, o interessado pode verificar se a empresa que pretende abrir se enquadra no programa Simples Nacional, do governo federal. “Esse projeto permite que os tributos sejam pagos em uma só alíquota e de uma só vez, o que evita atrasos de pagamento, gastos com contador e as várias idas ao banco”, explica a gerente.

Ser um bom pagador também é uma forma de economizar. “Não adianta querer cortar custos pagando aos funcionários um salário abaixo do piso. No futuro, isso pode render processos trabalhistas à empresa”, enfatiza.

Outro fator importante é pesquisar o mercado consumidor do produto ou serviço que deseja oferecer antes de efetivamente abrir a empresa. “Se não houver demanda em determina área, o investimento pode ser em vão e você pode acabar tendo prejuízo”, avisa Crocamo. Cautela na hora de comprar, se seu negócio for de revendas, também é fundamental. “É importante ter um bom estoque, mas, em excesso, pode virar um armazém de mercadorias encalhadas”, finaliza Crocamo.

Comente

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s